quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

De Porto Alegre, minha segunda casa




Post antigo do (também antigo) Blog Ponte Aérea São Paulo-Porto Alegre. Pra matar as saudades e retornar depois do verão


Porto Alegre é tão fotogênica que nem precisa ser muito entendedor pra foto ficar com essa atmosfera linda de fim de tarde, cor azul. Aí é só tomar um chimarrão olhando pro horizonte, pensando na vida. Foto tirada com a minha "modesta máquina sem muitos recursos", do Morro Santa Tereza, também conhecido como "morro da televisão", (é lá que estão localizadas emissoras de televisão como RBS-TV, SBT e Record locais). Aconselho conhecer o local em um final de tarde e, de quebra, apreciar o maravilhoso pôr-do-sol do rio Guaíba, que banha a cidade. Sabe como é, só pra lembrar que a vida é bela ;)

A Usina do Gasômetro , um dos pontos culturais obrigatórios, sempre tem algo muito bom acontecendo, como shows e as peças do Porto Alegre Em Cena


Gosto de caminhar pela rua dos Andradas, também conhecida como rua da praia, observando os pedestres se exercitando, as pessoas tomando sol, as mães e seus carrinhos de bebês e aqueles que não fazem nada.


Não dá para visitar Porto sem conhecer o Mercado Municipal. Não dá. E também não tem erro: muitos ônibus levam ao Centro da cidade (que se você for reparar no mapa, fica na ponta) e qualquer taxista ou porto-alegrense que se preze sabe chegar lá. E lá chegando, repare na arquitetura, original da construção de 1842. O prédio é lindo e guarda surpresas muito bacanas, como as bancas de revistas antigas, as de especiarias tipicamente gaúchas, tipo ervas para mate, cuias de todos os tamanhos (bem mais baratas que na maioria dos outros lugares), etc, etc, etc.
Surpreende ao visitante o grande número de lojas de artigos para umbanda. Um proprietário de uma dessas bancas me disse que Porto Alegre é a capital que mais comercializa estes artigos no Brasil, (o que eu achei curioso e pretendo descobrir a razão, se é que há alguma).

Na última vez que eu visitei o Mercado, no mês passado, havia um imenso brechó no miolo do prédio, imperdível para quem, como eu, é rata de brechó. Tem coisas simplesmente incríveis e necessárias. E claro, tem as coisas de mercado. Separei aqui algumas dicas:
Banca 43:
Temperos, geléias, especiarias, azeites importados da Grécia, do Líbano; queijos da Holanda e geléias são alguns dos cerca de 800 itens. O bacalhau dos mares (filés de três dedos de espessura) é vendido sem pele e sem espinha.

Boxe 95:
Cachaçaria do Mercado - Para os apreciadores, imperdível. Cachaças mineiras, como as branquinhas Seleta e Boazinha (de Salinas), além das gaúchas e as embebidas em barril de carvalho e bálsamo, como a célebre Havana, estão entre aproximadamente 450 rótulos.
Banca 40:

Essa não tem jeito de deixar pra lá. Mesmo. Os 20 sorvetes feitos de forma artesanal, preparados com frutas e nata batida, são o ponto forte do lugar, que tem também sanduíches- e sopas no inverno. E tem a salada de frutas com sorvete e bomba royal (que vai chantilly e três sabores de sorvete).

Lojas 91 e 93:
Naval - O centenário bar é tradicional e serve comidas típicas, como carreteiro de charque e mocotó, além da "comida da vovó", nhoque caseiro feito em panela de barro.

Você pode continuar o passeio e quando estiver visitando o Santander Cultural (que eu já falei por aqui), ou o Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), não deixe de tomar um cafézinho nas cafeterias charmosíssimas deles. No Café do Cobre, do Santander, os cafés são combinados com vinho do Porto e licores (hm...). Você pode almoçar no Bistrô do Margs, (um dos meus lugares preferidos na cidade, de onde dá pra observar as pessoas caminhando, falando ao celular, os camelôs, os policiais; enfim a cidade como ela é). Além do lugar ser acolhedor e a comida, muito boa. Mas se a grana for curta, dá pra almoçar bem no andar superior do Mercado mesmo. Tem boas opções a preços honestos. Mas atenção: no Mercado, a maioria das lojas fecha no domingo. E a maioria das barracas fecha entre 17h00 e 19h00.

Mercado Público Municipal
Largo Glênio Peres/Avenida Borges de Medeiros s/n
Centro/Porto Alegre

2 Comentários:

Às 16 de fevereiro de 2011 14:20 , Anonymous Jaime disse...

uhú! agora deu mais saudade de poa ainda...prabéns mô

 
Às 16 de fevereiro de 2011 14:20 , Anonymous Natália Oliveira disse...

Eu queria muito conhecer e nunca fui. Quem sabe você me apresenta esses lugares? Beijão!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial